BLOG

Anima Mundi

Em 2013, o Anima Mundi teve a grande honra de ser o primeiro festival a exibir SAUSAGE, um curta de Robert Grieves. É isso mesmo, a estréia mundial dele foi nas terras cariocas! Desde então, o filme já animou muitos outros lugares: ele passou, ao todo, por 43 festivais, sabia? Foi um tanto difícil colocar o curta no circuito animado, mas, depois da primeira vitória, SAUSAGE não parou! Ele chegou a ganhar oito importantíssimos prêmios! Será que essa sorte toda começou com a viagem para o Brasil?

sausage 4

Esse foi o primeiro postcard do filme e foi feito depois da gente pedir uma foto do filme para a inscrição no nosso festival. Robert, então, decidiu juntar três imagens que representassem, do melhor jeito possível, o curta!

Aqui, a gente quer te contar um pouco sobre a produção do curta, para você ficar cada vez mais por dentro dos processos animados. Mas não é só isso, temos mais uma incrível notícia para você: SAUSAGE está, agora, disponível online! Então, se você não conseguiu ver o filme no Anima Mundi ou já está com saudades dele, tem a chance vê-lo todo por aqui.

Olha que demais: Robert não só disponibilizou o filme online, como também criou um blog, para quem quisesse acompanhar o trajeto do curta. Na verdade, o filme tem blog, site e facebook! Super conectado, não é? Assim, a gente aprendeu um montão de coisas sobre a animação e, agora, podemos contar para você!

SAUSAGE começou a ser feito cinco anos atrás: Robert o criou para seu Mestrado e, também, devido a um desejo pessoal de fazer um filme. Quando ele o submeteu ao Mestrado, estava longe de ser o curta que ele queria. Por isso, foram mais dois anos de trabalho para que o diretor ficasse satisfeito! Como foi o primeiro projeto em que ele criou o design e a animação sozinho e com tamanha profundidade, foi um processo que levou bastante tempo. Mas, com alguns conselhos sobre o roteiro e a animação, Robert fez as horas em frente ao computador valerem à pena.

Sausage

SAUSAGE também foi o projeto perfeito para que Robert explorasse problemas políticos que o interessam muito

 

No início do projeto, Robert queria criar um trabalho que tivesse a sua própria visão e expressão e que o ajudasse a desenvolver mais ainda suas habilidades na narrativa e na animação de personagens, coisas que ele não conseguia fazer tão profundamente em projetos comerciais. Pelo que a gente viu na tela, ele com certeza chegou aos resultados que queria, não é mesmo?

Robert fez esses conceitos de textura pensando em trazer algo mais abstrato para os momentos mais dramáticos do filme

Robert fez esses conceitos de textura pensando em trazer algo mais abstrato para os momentos dramáticos do filme

Uma grande inspiração para o diretor foram animações dos anos 50! Ele encontrou trabalhos super inventivos, criativos e inspiradores e, mesmo já tendo explorado muitas outras referências, essas foram as animações que mais mexeram com ele!

sausage 3

Robert queria que SAUSAGE chegasse perto de ter tanto charme quanto as animações dos anos 50

 Já que ele queria desenvolver suas habilidades narrativas, uma parte muito importante da produção foram os stroryboards. Em uma entrevista ao Show Me the Animation, Robert disse que teve que fazer vários, mas a história em si não mudou muito entre eles. Foi o jeito de contá-la que melhorou ao longo do desenvolvimento do trabalho.

Na entrevista, ele também contou que o mais difícil foi juntar a animação, a escrita, o design e a edição em um todo que fizesse sentido e funcionasse junto. Na verdade, o sucesso de qualquer filme depende disso, então você deve conseguir imaginar o trabalhão que dá! Fica aí um conselho de Robert: todo animador tem que aprender com os seus erros e, a partir deles, fazer um filme cada vez melhor! É como ele diz, o mais importante é dedicação e perseverança, para experimentar muito até encontrar o que se está procurando.

sausage 5

SAUSAGE foi premiado no México, na Holanda, na Inglaterra, em Nova Iorque e na Croácia!

Depois ver o curta e conhecer um pouco mais de sua história, você deve estar curioso sobre o próprio Robert. Ele é um Diretor de Animação freelancer, que vive trabalhando em projetos da BBC, do History Channel, da Red Cross e até das Cerimônias Olímpicas! Mas ele tem muitas outras qualificações também: podemos chamá-lo de Motion Designer, Broadcast Designer, Diretor Criativo e Motion Illustrator. É muita coisa, né? Difícil definir tudo o que ele faz. Ainda bem que o cara tem um site só dele, assim, dá para a gente ver todo o seu portfólio e conhecê-lo ainda mais. Aliás, voltando a falar de inspiração, depois de ver os trabalhos dele, é difícil não ficar inspirado, então, se você está buscando alguma fonte para fazer uma animação, corre lá!

Agora, nos resta esperar o próximo projeto de Robert! Pelo que já vimos, o cara promete! Estamos muito curiosos sobre sua próxima história, será que vai envolver comida? E será que vamos ter a honra de exibir a sua estréia mundial de novo?

Comentários

Voltar

Telefones:
(55 21) 2543-8860
(55 21) 2541-7499

fb-form insta-form tt-form yt-form