BLOG

Anima Mundi

Isso porque, no caso da animação, é ele quem deve ser capaz de manter um equilíbrio entre as sequências que necessitam de full-animation - processo mais caro e trabalhoso - e as sequências de animação mais modesta

Os desenhos em sequência do storyboard transformam as ideias abstratas em algo real

O storyboard é uma das etapas mais importantes na produção de uma animação. Ele é a versão em desenhos do roteiro de um filme. Contém todo o seu conceito visual como o enquadramento, cortes e movimento de câmera, além de localizar os ambientes e inserir as personagens em cena.

Ele é a primeira oportunidade para observar se o que o diretor imaginava irá funcionar, o que permite uma melhor preparação para as filmagens, além de uma visualização mais palpável do roteiro. E tendo em mente que uma animação é uma atividade coletiva, é vital que toda a equipe esteja em sintonia quanto ao projeto em desenvolvimento.

Time-lapse: storyboard em 29 segundos!

Por isso, conversamos com Tarso Pizzorno,  artista de storyboard e ilustrador com experiência em mais de 300 filmes publicitários, desenhos animados e longa-metragens. Além disso tudo, ele também ministra o Curso de Storyboard do Anima Mundi, com nova turma iniciando dia 21 de setembro!

ANIMA MUNDI: Qual é a importância do storyboard no processo de criação de uma animação?

Tarso Pizzorno: No Storyboard são criados todos os planos do filme; é onde o diretor dá vazão a sua criatividade e arquiteta toda a narrativa visual. Antes dele, só existe o texto do roteiro. Após sua criação, toda a produção será baseada nele, que funcionará como um roteiro visual do projeto. Estamos falando de uma ferramenta de planejamento muito importante para qualquer pessoa que tenha a pretensão de empreender a realização de um filme, independente da técnica que será utilizada na sua confecção.

ANIMA MUNDI: Filmes de live action também podem ter um storyboard?

Tarso Pizzorno: Filmes live action não só podem como devem ter storyboard, principalmente para cenas de ação e efeitos. A diferença é que o storyboard para animação é mais detalhado e redundante do que o para live action. Na animação atual, ele é usado para construir o animatic (storyboard animado), importantíssimo quando tratamos de produção seriada, e geralmente já contém os keyframes (desenhos que definem o começo e o fim de um movimento para uma transição suave).

ANIMA MUNDI: O storyboard é valorizado como deveria no Brasil?

Tarso Pizzorno: Na animação profissional (principalmente nas séries animadas) ele é muito valorizado, ainda que a remuneração esteja aquém do ideal. No live action, filmes publicitários em especial, ele tem uma longa tradição de utilização no Brasil e a remuneração é bem melhor. No entanto, este trabalho também é mais difícil, dados os prazos exíguos e a exigência artística mais alta.

Curso de Storyboard – Anima Mundi

Inscrições: (21) 2543-8860 / 2541-7499

Datas:
21 e 22 de setembro

Horário:
9h às 13h / 14h às 18h

Carga Horária:
16 horas

Valor do Curso:
R$350,00 à vista ou em até 2x R$175,00

Faixa Etária:
a partir de 15 anos

Local: Rua Elvira Machado, 5 – Botafogo

Comentários

Voltar

Telefones:
(55 21) 2543-8860
(55 21) 2541-7499

fb-form insta-form tt-form yt-form