PT | EN

O ANIMA MUNDI 2014 está cada dia mais perto. E uma das nossas atrações anuais não pode faltar. Claro que estamos falando do Papo Animado, uma conversa super legal com alguns convidados de nosso festival. Tanto no Rio quanto em Sampa, os ingressos para participar dessa conversa custam 10 reais (inteira) e 5 reais (meia). Esse ano, a gente conta com a presença de grandes nomes da animação internacional. Estarão no Papo Animado os animadores Bob Balser, Eric Goldberg, Céu D’Ellia e Frédéric Guillaume.

Conheça cada um dos nossos convidados:

Bob Balser

Bob Balser é o cara que esteve por trás de uma das mais famosas e surreais animações do planeta: Yellow Subamarine, que traz os Beatles como super-heróis para salvar uma cidade que ama música

Bob Balser é o cara que esteve por trás de uma das mais famosas e surreais animações do planeta: Yellow Subamarine, que traz os Beatles como super-heróis para salvar uma cidade que ama música

Robert Balser é um dos animadores responsáveis pela existência do clássico Yellow Submarine (1968), que está na programação de nosso festival. O cara trabalhou no filme ao lado do diretor de arte, Heinz Edelmann, e do codiretor, Jack Stokes.

No musical animado, Balser foi responsável pela criação das cenas da viagem dos Beatles até Pepperland, que sofre um ataque por parte dos ranzinzas Blue Meanies. Usando músicas da banda, Balser criou paisagens psicodélicas com cores pulsantes juntando também desenho e colagem. Entre outros trabalhos, Balser também animou a série musical The Jackson 5ive (1971).

Eric Goldberg

Eric Goldberg é um importante nome da animação internacional e vai ministrar uma Masterclass no ANIMA FORUM

Eric Goldberg é um importante nome da animação internacional e vai ministrar uma Masterclass no ANIMA FORUM

Além de participar de uma Masterclass, o diretor, designer e animador Eric Goldberb vai se encontrar com o público do ANIMA MUNDI 2014 para um bate-papo. Há mais de 30 anos, ele vem aprimorando sua capacidade de traduzir em movimento a personalidade de seus personagens, muitos deles cômicos e carismáticos. Um dos seu segredos é o domínio de praticamente todas as técnicas de animação, das tradicionais às digitais. Além da sensibilidade para orquestrar as ações e os sentimentos de personagens como o memorável Gênio, do filme Aladdin.

Além de seus trabalhos nos estúdios Disney, como codiretor de Pocahontas (1995), e animador do sátiro Phil, em Hércules (1997), Eric passou pela Warner Bros., onde foi diretor de animação do longa-metragem Looney Tunes: De Volta à Ação (2003), que mistura live action e animação.

Mesmo com tanto trabalho, ele ainda tem tempo para escrever. Seu livro Character Animation Crash Course! é uma referência importante para quem quer entender mais sobre a arte de criar personagens carismáticos, assunto de sua masterclass.

Céu D’Ellia

Céu D’Ellia participou da animação do filme An American Tail: Fievel Goes West, quando ficou responsável por animar a irmã do personagem principal

Céu D’Ellia participou da animação do filme An American Tail: Fievel Goes West, quando ficou responsável por animar a irmã do personagem principal

Esse brasileiro é outro cara que faz um monte de coisas: ele é diretor de animação, produtor, roteirista e ilustrador. Ufa… Céu começou a carreira animando comerciais e, de cara, ganhou prêmios com eles, como no caso dos 128 PlocMonsters, personagens criados para uma campanha de chicletes em 1988.

No mesmo ano, ele lançou o curta-metragem experimental Adeus e no ano seguinte inicia sua carreira internacional trabalhando em Londres na equipe do filme An American Tail: Fievel Goes West (1991). No filme de Steven Spielberg, ele foi responsável por animar a personagem que era irmã de Fievel.

Depois de desenvolver pesquisas sobre o meio ambiente, recebeu o prêmio Hopes for the Future for a Sustainable World, da IUAPPA/IAS, pelo conjunto de princípios propostos para as relações entre os meios de comunicação de massa, a cultura e o meio ambiente. Atualmente divide seu tempo entre participações em produções internacionais e iniciativas de difusão desses princípios por meio de documentários, histórias em quadrinhos e animações. Em 2009, com o apoio da Secretaria Municipal de Cultura de São Paulo, criou o NUPA, núcleo fomentador do cinema brasileiro de animação.

Frédéric Guillaume

Sam e Fred Guillaume são dois irmãos que gostam de experimentar em suas animações. Frédéric vai estar no ANIMA MUNDI 2014 para um Papo Animado

Sam e Fred Guillaume são dois irmãos que gostam de experimentar em suas animações. Frédéric vai estar no ANIMA MUNDI 2014 para um Papo Animado

Junto com seu irmão Sam, Fred Guillaume é conhecido pela experimentação com várias técnicas em animação. A trajetória artística deles começou com o curta Bonne Journeé Monsieur M. (Bom Dia Senhor M., 1999), sobre um porco com o defeito de roncar alto demais.

Depois de trabalhos com a companhia de dança Da Motus, quando animaram dançarinos virtuais para um espetáculo, realizaram o curta Une Petite Leçon D’Animation (Uma Pequena Lição de Animação, 2001) e um comercial estrelando um elefante cinéfilo.

Entre 2003 e 2007, a dupla se dedicou à realização de Max & Co., o único longa-metragem em stop motion produzido na Suíça, que conquistou o Prêmio do Público em Annecy no ano de lançamento. Em 2012, lançaram o seu primeiro documentário animado, La Nuit de l’Ours (A Noite do Urso), inspirado no encontro de um dos realizadores com a equipe e os frequentadores de La Tuile, um abrigo para sem-tetos. “A intenção não seria informar o espectador sobre o fenômeno da precariedade, mas tocá-lo fundo do coração, suscitando o debate”.

Os longas-metragens Les Fables de L’Homme (As Fábulas do Homem) e Sur le Pont (Na Ponte) figuram entre os trabalhos em andamento dos irmãos Guillaume, que também dedicam-se ao desenvolvimento de instalações que incluem a animação.

Agora que você já conhece os nossos convidados no Papo Animado deste ano, não pode perder nenhum dia. A gente vai te esperar lá, viu?

Papo Animado

Quanto? 10 reais (inteira) e 5 reais (meia)

 

Rio de Janeiro

Local: Fundição Progresso, Sala 2

Céu D’Ellia: Quarta-feira, 30 de julho às 20h0

Bob Balser: Quinta-feira, 31 de julho às 20h00

Frédéric Guillaume: Sexta-feira, 01 de agosto às 20h00

Eric Goldberg: Sábado, 02 de agosto às 20h00

 

São Paulo

Local: Espaço Itaú de Cinema Augusta – sala 1

Bob Balser: Quarta-feira, 06 de agosto às 20h00

Eric Goldberg: Quinta-feira, 07 de agosto às 20h00

Céu D’Ellia: Sexta-feira, 08 de agosto às 20h00