PT | EN

Morar em qualquer metrópole do mundo pode ser um pouco opressor e angustiante. Imagine então se mudar para uma das maiores do mundo? O animador francês Florian Piento vive em Tóquio há quatro anos e resolveu fazer um filme sobre sua própria experiência. O resultado você poderá ver no ANIMA MUNDI de Curitiba, na sessão Curtas 4.

As pessoas que nunca para de As Pessoas que Nunca Param: design baseado em bonecas japonesas de madeira

As Pessoas que Nunca Param: design baseado em bonecas japonesas de madeira

Piento diz que fez a animação para compartilhar o que vê todo o dia no Japão: a correria eterna de seus habitantes. O processo de criação começou com o diretor desenhando rascunhos dos personagens que ele gostaria de ver animados, e assim pensar que tipo de acontecimentos os fariam parar, e quais não.

Depois de estruturar o roteiro, era hora de decidir o design. Para os personagens apressados, Florian se baseou nas tradicionais bonecas japonesas feitas de madeira, as kokeshi. Já a animação em si foi a parte mais complicada, considerando que o curta retrata uma multidão de cem personagens. A solução para alcançar um movimento mais orgânico foi a divisão do filme em dois: todos os closes foram renderizados em 3D, enquanto as outras tomadas são uma mistura de 3D pré-renderizado, e elementos 2D. Para isso, o francês utilizou diversos softwares como Maya, After Effects, Render, AutoDesk entre outros.

Vale tudo para conseguir animar cem personagens tendo apenas duas mãos, o que levou dezesseis meses. Mas o trabalho árduo de Florian, que ainda acumulou a função de diretor de arte, foi recompensado não só por ser exibido no ANIMA MUNDI. “The People Who Never Stop” – título original do filme também foi o ganhador do prêmio First Film Award do Annecy Iternational Animated Festival. Além disso, Piento hoje trabalha na produtora especializada em computação gráfica, Digital Garden Inc. Lá, ele faz vinhetas para a revista Elle, e MTV japonesa. Florian Piento é uma dessas pessoas que não param.

As texturas foram importantes para Florian na construção do curta exibido no ANIMA MUNDI

As texturas foram importantes para Florian na construção do curta exibido no ANIMA MUNDI