BLOG

Anima Mundi

Quem acompanha o ANIMA MUNDI sabe que uma centena de filmes são exibidos durante o festival. É filme pra caramba! São mais de 500 filmes, a maioria são curtas, que vem de diversos lugares do mundo: Brasil, Estados Unidos, Rússia, Polônia, França, Coreia do Sul, Argentina…

O longa Feral, que esteve na seleção do ANIMA MUNDI de 2013 foi vencedor do prêmio de melhor filme

O longa Feral, que esteve na seleção do ANIMA MUNDI de 2013 foi vencedor do prêmio de melhor filme

Para organizar tudo isso, as cabeças por trás de nosso festival acharam melhor dividir os filmes em categorias. Essa divisão serve para ajudar na classificação deles e facilitar a vida dos animaníacos que vão assistir e até votar. Primeiro eles são divididos em dois tipos de sessões: as competitivas e as não-competitivas. Até aí tá fácil de entender, né? Depois, dentro desses dois tipos, estão as subdivisões. A gente mostra uma por uma para ninguém se confundir.

As competitivas são cinco que dão premiação uma premiação no final do festival:

Curtas: filmes de até 30 minutos, de qualquer nacionalidade. Em geral, não têm restrições de público e as sessões são sempre legendadas;

Longas: longas-metragens, ou seja, filmes de no mínimo sessenta minutos, de qualquer nacionalidade e com foco no público jovem e adulto. As sessões também são legendadas;

Portifólio: filmes produzidos sob encomenda, para peças de publicidade, videoclipes, institucionais ou sequências de efeitos especiais realizadas para longas-metragens.

Curtas Infantis: curtas-metragens direcionadas para as crianças. As animações vêm do mundo todo, e os filmes são dublados – sempre que necessário e tecnicamente possível. Mas é claro que nada impede que pessoas de todas as idades assistam aos filmes.

Galeria: Esse é o primeiro ano que a categoria é competitiva. Tratam-se de curtas-metragens experimentais ou com propostas estéticas semelhantes à de uma instalação artística, assistidos num ambiente similar à uma galeria de arte. Uma observação importante é que os filmes só serão avaliados por nosso júri profissional.

O Longa brasileiro O Menino e o Mundo, do diretor Alê Abreu, conquistou o Prêmio de Cristal, maior premiação do Festival de Annecy. Esse ano, o filme tem presença garantida no nosso festival

O Longa brasileiro O Menino e o Mundo, do diretor Alê Abreu, conquistou o Prêmio de Cristal, maior premiação do Festival de Annecy. Esse ano, o filme tem presença garantida no nosso festival

As categorias não competitivas, como o próprio nome sugere, não incluem premiação. Também são cinco:

Panorama Internacional: curtas-metragens que se destacam por sua qualidade diferenciada com propostas inovadoras, ousadas ou que representam tendências da animação mundial.

Animação em curso: curtas-metragens realizados por estudantes de cursos profissionais de animação em universidades, escolas e oficinas;

Longa-metragem Panorama: filmes de no mínimo sessenta minutos convidados a participar do festival fora da competição.

Futuro Animador: animações feitas por crianças, adolescentes ou adultos que têm a sua primeira experiência em cursos não profissionais de animação.

Olho Neles!: curtas-metragens de animadores brasileiros que são apostas para os próximos anos da cena nacional. Agrega diretores em início de carreira ou que estão ganhando destaque em suas produções mais recentes.

Agora que você já sabe o que é cada categoria e o que é possível ver em cada uma delas, já pode se preparar para o nosso festival. Não se esqueça que o ANIMA MUNDI acontece entre os dias 25 de julho e 03 de agosto no Rio de Janeiro. A partir do dia 06 até o dia 10 de agosto, nosso festival desembarca em São Paulo.

Comentários

Voltar

Telefones:
(55 21) 2543-8860
(55 21) 2541-7499

fb-form insta-form tt-form yt-form