PT | EN

Voltando a falar sobre as oficinas oferecidas pelo ANIMA MUNDI durante o festival, chegou a vez da animação com massinha. Assim como o pixilation, essa é uma técnica stop motion, mas que usa bonecos de massa de modelar como atores. Quem quiser participar só precisa chegar na oficina, formar um grupo, criar um roteiro e modelar as personagens. A animação fica pronta na hora!

A Noiva Cadáver / Fonte: topgameskids.com.br

A Noiva-Cadáver, de Tim Burton, é um exemplo de massinha MUITO BEM animada

A massinha é apenas um dos materiais (sem dúvida, um dos mais divertidos) utilizados neste tipo de animação que também pode ser chamada de Animação de Volumes. Essa é uma técnica muito antiga mas que persiste como uma das mais populares. Mas você sabe como é o processo de produção de um filme desse tipo?

Passo a passo

1. O roteiro é escrito, com as cenas e seus diálogos. A partir dele os animadores criam o animatic, uma versão em vídeo do storyboard, com desenhos para cada cena do filme;

2. Os bonecos são esboçados no papel. Com base nesses desenhos, são construídos os esqueletos que sustentarão os bonecos;

3. O esqueleto, que pode ser simplesmente de arame ou feito com engrenagens minúsculas de precisão, é revestido com o material que dará forma aos bonecos – ex: massinha, silicone, madeira etc etc;

4. Os bonecos podem ganhar roupas de pano e outros acessórios. Para transmitir emoção, vários tipos de olhos, sobrancelhas e bocas podem ser modelados para serem movimentados e/ou substituídos durante a animação;

5. Enquanto isso, outra galera trabalha no cenário feito na escala dos personagens, baseados em desenhos ou até em plantas 3D feitas em computador;

6. Hora de gravar! Os animadores fotografam os bonecos, tirando até 24 ou 30 fotos para cada segundo de filme. Depois, a sequência das imagens é organizada no computador, convertida para um vídeo ou impressa na película.

7. Por último, um laboratório mixa as imagens no rolo de película com o som das trilhas e das vozes dos atores (que podem ser pré-gravadas antes do animatic, ou dubladas sobre as imagens finais). Pronto, agora é só rodar e assistir!

Trabalho, trabalho, trabalho

Pode até parecer fácil, mas não é bem assim. O longa-metragem A Fuga das Galinhas (2000), que usou esta técnica, demorou 18 meses para ser concluído. Para cada um segundo e meio de filme foi necessário um dia inteiro de trabalho. Isso porque a cada quadro, tudo deve ser  cuidadosamente reposicionado para que o movimento ocorra de maneira fluida.

Outro exemplo de animação com massinha é A Noiva-Cadáver (2005), que de tanta riqueza de detalhes, chegou a gerar dúvidas sobre a técnica empregada. Ainda em 2005 a produção foi indicada ao Oscar de Melhor Animação, mas perdeu para Wallace & Gromit em A Batalha dos Vegetais (2005), outro filme feito com massa de modelar.

Gostou? Então é só passar na oficina e fazer a sua própria animação! Quem sabe você não descobre um talento novo?

Esperamos todos vocês para criar animações próprias na Casa França Brasil, das 13 às 19 horas, durante todos os dias do festival. Ah! A Idade mínima é de oito anos. Até lá!