PT | EN

Listamos cinco clipes nacionais que uniram música e animação com bom gosto e criatividade. Apesar de ainda não ser um casamento a todo vapor, esses dois mundos estão cada vez mais próximos no Brasil! Confira…

Frejat – “Segredos”

A ideia de fazer um clipe com animação partiu do próprio Frejat. O cantor, inclusive, ajudou nas ilustrações do vídeo, que mostra sua jornada para chegar até a sua amada lua. A produção é da Consequência Filmes, com direção do trio Maurício Vidal, Renan de Moraes e Léo Santos. Faturou o 3º lugar na categoria “Melhor Filme Brasileiro” do Anima Mundi 2002.

Pitty – “Na Sua Estante”

Com direção de Sergio Guilherme Filho e Thalita Galvani, o clipe faz referência ao Homem de Lata, de “O Mágico de Oz”. Na história, um robô se apaixona por uma mulher, que em mais uma alusão ao clássico de L. Frank Baum, usa sapatos vermelhos como os da personagem Dorothy.

Pato Fu – “Uh Uh Uh, La La La, Ié Ié!”

A música faz parte do disco “Toda Cura para Todo Mal”, oitavo da banda mineira. As ilustrações são assinadas pelo cartunista Laerte, que retrata a estressante rotina do trânsito nas metrópoles brasileiras.

Marcelo D2 e Seu Jorge – “Pode Acreditar”

O clipe tinha tudo para ser apenas mais um qualquer, mas as animações em 2D junto à rotoscopia deram irreverência e cores mais vivas ao vídeo. A rotoscopia consiste em redesenhar quadros (frames) de um vídeo em cima de outras imagens já capturadas.

Sepultura -“Ratamahatta”

O grupo mineiro apresentou aos fãs do heavy-metal brasileiro uma animação utilizando a técnica conhecida como “clay animation“, que usa a técnica do stop motion sobre formas de areia. Dirigido por Fred Stuhr, o vídeo faz uma incursão no misticismo e na floresta, retratando as figuras folclóricas, os rituais religiosos e figuras conhecidas e renegadas das periferias brasileiras.

Lembra de mais algum? Fala pra gente nos comentários!