PT | EN

“Danny Boy”, um sensível curta-metragem em stop-motion realizado pelo estúdio polonês Sapristi em 2009 e dirigido por Marek Skrobecki, conta a história de um jovem poeta que se apaixona.

A animação, que após concorrer em 2010 retornou ao Anima Mundi na Mostra Polonesa em 2013, traz como pano de fundo uma cidade que vive tranquilamente em meio ao caos, já que seus cidadãos sem cabeça não enxergam o que acontece ao seu redor.

Protagonista assusta sua nova paixão por enxergar o mundo de uma maneira diferente

Protagonista assusta sua nova paixão por enxergar o mundo de uma maneira diferente

Danny é a única pessoa que ainda vê as coisas a sua frente, trazendo uma certa amargura em seu olhar. Um belo dia ele esbarra com uma mulher na rua, por quem se apaixona, e os dois começam a se conhecer. Mas a euforia acaba quando a moça percebe que Danny tem pontos de vista diferentes e foge amedrontada.

O diretor polonês Marek Skrobecki posa dentro do cenário construído para a animação

O diretor polonês Marek Skrobecki posa dentro do cenário construído para a animação

Em seus 10 minutos, “Danny Boy” fala sobre a imperfeição humana e mostra como muitas vezes, sem nos darmos conta, perdemos a cabeça por alguém e acabamos nos moldando pela vontade do outro. Será que vale a pena mudar radicalmente para se nivelar às normas em nome de um ajustamento social?

Assista: