BLOG

Anima Mundi

Passou pelo Anima Mundi um curta que veio direto da Alemanha! Ophelia: Love & Privacy_Settings fez o maior sucesso e impressionou muita gente por aqui. E você, conferiu? Ele foi produzido pela mesma escola onde Viola Baier, que fez Wedding Cake, se formou: a Academia de Filmes Baden-Wuerttemberg. O curta, que foi o projeto de formatura de Bin-Han-To, fala, de um jeito muito divertido e inteligente, da privacidade na era digital. Na história, todos podem ler os pensamentos de Hubert. Mas e se ele pensar em algo constrangedor ou que seja considerado inapropriado? Será que o cara vai arranjar problemas

Sabia que, inicialmente, Bin-Han To não pretendia dirigir seu filme de formatura? Na verdade, ele pensava em participar do projeto de algum outro aluno, mas um de seus professores percebeu que ele tinha algo a dizer, ainda bem! Por anos, Bin-Han To vinha se interessando pelo assunto da privacidade na era digital. Foi saindo uma noite com os amigos que a ideia surgiu: caricaturar o tema da perda de privacidade, exagerando-o de um jeito divertido.

Ophelia

Bin-Han To não quis falar sobre o assunto da privacidade de todos os ângulos possíveis para apresentar soluções. O filme, na verdade, ficou super divertido e leve, fazendo a gente refletir, no final, sobre a questão

Já que Bin-Han To é especialista em desenvolvimento visual, esse foi um dos pontos principais. Trabalhando sempre com cores e luz, ele juntou vários ambientes diferentes e criou um look único. Tudo isso foi feito seguindo três pontos principais da identidade visual: simplicidade, gráficos inspirados em video games 3D antigos e foco maior na narrativa do que nos detalhes visuais. Não podemos esquecer também que a cidade onde se passa o curta é inspirada em Portugal. Para isso, ele misturou arquitetura tradicional com lindos mosaicos, gráficos de design fortes e uma cena viva de arte de rua.

ophelia 2

Quer um exemplo de simplicidade? Foi mais importante dar movimento ao cabelo do personagem em cenas com vento, para traduzir a atmosfera do momento, do que detalhar as texturas do cabelo

O trabalho com os personagens teve que ser feito com muita dedicação! Para desenvolver melhor as faces, ele produziu texturas animadas, projetando-as nos modelos 3D sem retirar a simplicidade e expressividade das formas 2D. Demais, né? A luz e as sombras também foram usadas de um jeito super inteligente, sem perder o visual simples. Na verdade, foi um ótimo complemento ao look de cartoon!

ophelia 3

Sobre a ideia dos personagens terem só um olho, Bin-Han To disse que foi só pela diversão!

Bi-Han To não é só diretor do filme, o cara fez muito mais! Ele foi diretor de arte, fez design de ambiente e personagem, texturização, rigging, render e composição. Além disso, segundo ele, uma das melhores partes da produção foi trabalhar com uma equipe tão engajada, que fez do filme algo muito maior do que ele esperava! 

ophelia 4

A simplicidade também ajuda a ampliar todo o significado da animação

Em uma matéria do Cartoon Brew, a gente descobriu que, para Bin-Han To, um dos maiores desafios de jovens animadores é criar novos jeitos criativos de se conectar com os espectadores e, ao mesmo tempo, encontrar um bom financiamento. Dentro desse cenário, o mais importante é continuar fazendo um trabalho ambicioso com pessoas que você gosta e ganhando um pouco de dinheiro no caminho. A partir disso, dá para a gente esperar grandes coisas dele, não é?

 

Comentários

Voltar

Telefones:
(55 21) 2543-8860
(55 21) 2541-7499

fb-form insta-form tt-form yt-form