PT | EN

É difícil dizer se o americano Jake Fried é mais um pintor ou animador. Na dúvida, ele resolveu misturar as duas artes na série “Moving Paintings“. A técnica consiste em criar várias pinturas feitas em camadas. Fried usa, além de tinta, café e corretivo líquido para criar uma textura única nos quadros, que em sequência formam imagens psicodélicas. Ou, nas palavras do próprio, “retro-futuristas”! E se por um lado, Jake usa apenas duas xícaras de café em suas criações, ele confessa: “Bem mais que isso para me manter acordado!”.

Já viu os quadros de Van Gogh que ganharam vida com animação 3D?

Segundo o artista, cada animação é feita em um único papel, que é scaneado a medida que ele adiciona os elementos da pintura. A obra “The Deep End“, por exemplo, foi feita com 1500 quadros, compilados no editor de vídeo Final Cut Pro a 25 FPS (frames por segundo). “Faço de 10 a 25 frames por dia. Em média, levo quatro meses para finalizar um vídeo”, conta.

Confira alguns vídeos…

Via Weird Fiction Review