BLOG

Anima Mundi

Eles já fizeram uma série de filmes juntos, tem um estúdio e dão aulas em parceria. Que dupla! Sabe do que mais? Michelle e Uri também são casados! Hollow Land, o último curta do casal Kranot, desembarcou aqui no Anima Mundi, mostrando que os dois tem realmente uma grande sincronia.

A crítica elogiou muito o visual do filme, feito em stop motion com bonecos de argila, fundos digitais e alguns toques de desenhos à mão. A história também se destacou, falando de imigração, dor e esperança: “uma história sobre a busca humana eterna por um lugar para chamar de lar”.

Optimized-hollow land 2

Quando pensaram no filme, eles disseram que seria sobre imigração e integração, mas acabou sendo uma história sobre um casal que tenta pertcencer sem sucesso

O tema do filme nasceu de um lado bem pessoal dos animadores. Eles se mudaram de Israel para a Holanda e depois para a Dinamarca, tendo sido estranhos em muitas terras. Mais do que falar de imigração, o curta é sobre o sentimento de não pertencer e o jeito pelo qual somos culturalmente condicionados a nos sentir deslocados em qualquer situação.  

Hollow Land é capaz não apenas de gerar identificação em pessoas que passaram por imigração ou outros tipos de mudança, mas também de fazer pessoas que sempre viveram confortáveis e seguras refletirem ao menos por um momento. Por isso, os diretores criaram um universo não específico, que você não reconhece, mas que te lembra a algum lugar. Uma sensação que, com certeza, não foi fácil de alcançar!

hollow land

Foram nove meses animando e mais dois para composição

O processo de produção foi longo e trabalhoso – levou quase dois anos e meio -, garantindo o resultado que todos queriam! Os animadores tiveram que fazer uma série de roteiros diferentes, sempre a partir da opinião dos produtores e, é claro, das suas próprias ideias. Quando ficou pronto, eles estavam muito confiantes em relação ao que tinham criado! Michelle e Uri já fizeram vários outros incríveis curtas, mas admitem terem amadurecido muito na nova produção. Além disso, Hollow Land é muito mais pessoal, o que deu aos dois mais confiança como cineastas.

Os bonecos foram, certamente, um desafio. Ao decidirem fazê-los rígidos e planos, Michelle e Uri também optaram por deixá-los sem expressão e com poucos movimentos: “nós não estávamos tentando criar momentos emocionais com eles”. Isso em si já é difícil. Agora, imagina só o desafio que representa para animadores que, antes, faziam filmes com desenhos à mão! Eles queriam ter uma abordagem diferente, por isso resolveram usar o stop motion misturado com várias outras técnicas, pensando também em dar foco a história e ao tempo, não ao movimento. Ficou demais!

A filmagem foi feita no The Animation Workshop, que acolhe projetos de animação de cineastas estrangeiros. Mas o casal continuou lá mesmo depois de ter terminado o curta, que sucesso! Os dois montaram um estúdio de stop motion, adicionando muito a escola, que trabalha principalmente com animação 2D e um pouco de 3D em CG.

hollow land 3

O filme foi terminado em Montreal. Muito internacional!

White Tape e The Heart of Amos Klein, filmes que eles fizeram antes, falavam também de fronteiras e limites, sempre com bastante carga política. Michelle e Uri acreditam que a animação tem o potencial de abordar esses temas com mais força do que o live action. “A audiência sabe que aqueles não são personagens reais, isso não é a realidade, é tudo fabricado. Mas então, e é esse o truque, a audiência pode estar muito mais aberta para novas ideias, muito mais reflexiva”.

Quer saber dos efeitos que Hollow Land gerou? O curta ganhou uma série de prêmios mundo a fora, e não é por menos! Além disso, Michelle e Uri se sentiram inspirados e criaram uma instalação sensorial baseada no filme, querendo engajar o público em uma “experiência imersiva”. Um dos objetivos foi explorar as possibilidades do cinema e os limites entre teatro e animação, ficção e realidade. O casal não para de inovar!

 

Comentários

Voltar

Telefones:
(55 21) 2543-8860
(55 21) 2541-7499

fb-form insta-form tt-form yt-form