PT | EN

A animação brasileira “Uma História de Amor e Fúria” venceu na principal categoria do Festival Annecy, na França, faturando o Prêmio Cristal de melhor filme. Com direção e roteiro de Luiz Bolognesi, o longa-metragem levou 10 anos para ser finalizado, com orçamento de R$ 4,5 milhões.

Produção do longa levou 10 anos para finalizar o trabalho

Filme marcou estreia de Luiz Bolognesi na direção de uma animação

O filme entra para a história do cinema nacional como o primeiro do gênero a vencer o festival, considerado o Cannes da animação. Os diretores do ANIMA MUNDI Cesar Coellho e Aída Queiroz estavam presentes na cerimônia de encerramento e acompanharam de perto a premiação de toda a equipe do longa.

"Uma História de Amor e Fúria" levou 10 anos para ficar pronto

Equipe do filme subiu ao palco para receber o Prêmio de Cristal Annecy

Entre os jurados desta edição estavam nomes como Brian Millher, presidente do canal Cartoon Network, o cineasta Robert Morgan e o produtor Didier Brunner, que trabalhou em “As Bicicletas de Belleville”.

Com Selton Mello, Camila Pitanga e Rodrigo Santoro no elenco de vozes, a trama mostra o amor da personagem Janaina (Camila) e um guerreiro indígena (Selton), que transcende o tempo em quatro momentos da história brasileira: a colonização, a escravidão, o regime militar e o futuro, em 2096, quando o país está em guerra por água.

Confira o trailer do filme: