BLOG

Anima Mundi

Depois de muita animação, 2014 está chegando ao fim! Foi com certeza um ano muito especial e, por isso, não podíamos deixar de ficar nostálgicos. Nada melhor do que começar um novo ano relembrando das melhores coisas que aconteceram no anterior, você não acha? Assim, já entramos em 2015 com um sorriso no rosto e várias expectativas!

Aqui no Anima Mundi, nós tivemos produções incríveis que com certeza marcaram os nossos dias. Nem mesmo a virada de ano pode tirá-las das cabeças dos animaníacos! Quer lembrar de algumas? Viajou para cá Padre, que acabou sendo o Grande Vencedor do nosso festival. Do hermano Santiago “Bou” Grasso, o curta em stop motion impressionou pela história, pela atmosfera e pelos detalhes da animação. Uma verdadeira obra-prima!

Padre é um curta feito em stop motion e se destaca pela sua riqueza de detalhes, além do clima claustrofóbico em que nos insere

Padre é um curta feito em stop motion e se destaca pela sua riqueza de detalhes, além do clima claustrofóbico em que nos insere

Por aqui, também tivemos um novo recorde: Guida saiu do nosso festival com cinco importantíssimos prêmios. Rosana Urbes foi a maior premiada da história do nosso festival e a primeira mulher a ganhar Melhor Curta-Metragem. A produção carrega uma atmosfera lúdica, delicada e criativa, falando sobre um dos nossos assuntos preferidos: a inspiração artística. Tudo isso com uma abordagem única e de uma sensibilidade incomparável. Rosana fez história!

Rosana Urbes

“Guida é uma sonhadora fora de lugar. É muito difícil viver uma vida de sonho, criativa, porque tem um massacre no dia a dia das coisas práticas”

Mas ela não foi a única: Alê Abreu com certeza foi um dos maiores destaques do ano. O brasileiro, com o longa O Menino e o Mundo, ganhou Annecy e continua viajando por todos os cantos para mostrar a beleza de seu filme. O cara com certeza criou algo único: misturando várias técnicas – ele usou giz de cera, aquarela, tinta acrílica e até caneta BIC -, escolhendo uma trilha sonora super especial, com a música principal do rapper Emicida, e colocando todo seu talento em ação, ele provou que o Brasil tem muita coisa boa!

O Longa brasileiro O Menino e o Mundo, do diretor Alê Abreu, conquistou o Prêmio de Cristal, maior premiação do Festival de Annecy. O filme será exibido no ANIMA MUNDI 2014

O Longa brasileiro O Menino e o Mundo, do diretor Alê Abreu, conquistou o Prêmio de Cristal, maior premiação do Festival de Annecy.

Por aqui, a gente também aprendeu muito! Depois dos papos animados e das masterclasses, vamos começar 2015 sabendo muito de animação. Recebemos convidados super especiais, como Bob Balser, Eric Goldberg, Céu D’Ellia, Frédéric Guillaume, Simon Otto e Chris Landreth. Além disso, tivemos a presença dos diretores de filmes consagrados, como Até Que a Sbórnia nos Separe, Minhocas e O Menino e o Mundo. Mas as visitas não param por aí: Miwa Matreyek veio para cá com uma performance inédita, mostrando que a animação vai além da tela de cinema. O Anima Mundi realmente conseguiu reunir uma galera consagrada que trouxe muito conhecimento animado para as terras brasileiras.

Mas é claro que não foi só isso. Como sempre, a parte mais animada do Anima Mundi ficou do lado de fora das salas de exibição: as oficinas juntaram todos os apaixonados por animação e resultaram em produções incríveis! Será que nasceram futuros animadores por aqui? Em 2015, a gente descobre!

Anima Mundi 2014

Nossa oficina de Pixilation!

 

Circuito Anima Mundi BH 2014

Dá uma olhada no talento!

 

estúdio aberto

Um dos bonecos da nossa oficina de massinha!

Comentários

Voltar

Telefones:
(55 21) 2543-8860
(55 21) 2541-7499

fb-form insta-form tt-form yt-form