PT | EN

Hoje é dia de destacar a prata da casa! Quinto Andar é um filme bem mineirinho. Dirigido por Marco Nick e produzido pela Leben 108, o curta fez sucesso no Rio e em São Paulo e agora está na programação do #AnimaMundi2013 BH! Mais abaixo você confere o que o próprio diretor tem a dizer sobre o projeto.

Quinto Andar Cartaz

O curta de 7 min nasceu como o projeto de graduação do diretor Marco Nick ainda em 2010, mas foi além. Depois de participar da 1ª Mostra de Design Gráfico Movente no mesmo ano, o filme chegou a dois festivais em 2012 e já conta 14 seleções em 2013, dentro e fora do país. E pra quem não mora em Belo Horizonte, após o festival ele ainda será apresentado no Dia Internacional da Animação 2013.

Se alguma vez você já se sentiu fora de lugar, certamente vai se identificar com este curta. O roteiro é sobre um homem comum com um hábito um tanto quanto estranho, só sai de casa com o rosto escondido por uma máscara de lobo. Com uma boa dose de sensibilidade e uma narrativa bem conceitual, a história toca na questão do desvio social. Como nossa sociedade trata aqueles com comportamentos fora dos padrões estabelecidos? E como eles se sentem? É mais ou menos por aí que corre a reflexão proposta.

Pra completar, fizemos uma rápida entrevista com o diretor Marco Nick. Ninguém melhor do que ele para falar sobre o filme. Então vamos lá

Quinto Andar, de Marco Nick

Blog AM: De onde surgiu a ideia para o roteiro de “Quinto Andar”?

Marco Nick: O filme surgiu como uma proposta de experimentação, para mim era um desafio pessoal desenvolver um projeto de filme em animação. Eu queria produzir alguma coisa diferente de tudo que eu havia feito, em termos de linguagem estética, de narrativa e até de processo. E o meu processo em busca de uma história se baseia muito em imagens, então eu iniciei o roteiro nos desenhos que faço. Fazendo ilustrações com o clima que queria para o filme e a partir de uma frase (“só queria dormir quando todas as luzes se apagam”) eu comecei a desenvolver a história, numa construção natural eu acho.

Quinto Andar, de Marco Nick

Da ideia inicial ao resultado final na tela, muita coisa mudou?

Sim, muita coisa na verdade. Na minha opinião uma mudança natural, a ideia inicial, por exemplo, era que o filme fosse em preto e branco e não houvesse narração, mas com o desenvolvimento do filme, fui testando cores nas ilustrações e que foram agregando à história. Os diálogos também acabaram surgindo de uma necessidade de que o ponto principal da história fosse abordado, e o roteiro finalizou em uma conversa em equipe, com mais três pessoas pensando em como poder dizer sobre as questões da história, transformando e remontando o filme.

Quinto Andar, de Marco Nick

De que forma você busca inspiração para seus trabalhos? Quais são suas principais referências?

Acho que inspiração vem de todo lugar, tudo que vivenciamos de alguma forma influencia no seu trabalho, a questão é que ficamos mais sensíveis a determinadas coisas ou situações quando estamos desenvolvendo um projeto. Eu sou muito visual, gosto de desenhar ou ver imagens e buscar alguma relação nelas. Então todo tipo de produção que envolva imagens é uma fonte de inspiração e referência para mim e quando tenho um projeto em mente, um filme, um livro, uma música ou uma paisagem pode se tornar uma inspiração. É difícil qualificar isso, acho que em cada projeto haverá uma referência ou inspiração diferente. Gosto muito de produções independentes, principalmente quadrinistas, livros ilustrados, jogos digitais e animações.

Quinto Andar, de Marco Nick

Qual é o seu próximo projeto e em que fase ele se encontra?

Tenho muita vontade de realizar novos curtas, mas estou no processo de me estruturar, porque para fazer um novo projeto eu quero poder me dedicar totalmente e para isso tem uma série de fatores que devem ser levados em conta, principalmente os recursos para a produção e finalização do filme. Mas já tenho um novo projeto em fase de desenvolvimento, é um curta animado que aborda a questão de perdas, conquistas e descobertas em universo lúdico, uma animação que trata sobre a jornada de um menino e seus sonhos.

Quinto Andar, de Marco Nick

 

Quinto Andar está na sessão Curtas 4

Horários:

15/09 – 16h

16/09 – 11h30

17/09 – 18h

Oi Futuro