PT | EN

Ainda que o mundo caminhe para a digitalização de todas as coisas, muita gente sente um prazer enorme em fazer tudo do jeitinho manual. Ainda existem aqueles aqueles que preferem riscar desenhos com lápis, ver uma animação surgir aos pouquinhos com os movimentos desenhados na folha, sentir o cheiro de tinta…

Pois é, as animações 2D, feitas em papel, ainda cativam muita gente. Basta lembrar que grandes sucessos como O Rei Leão, Branca de Neve e Os Sete Anões, Alice no País das Maravilhas e A Viagem de Chihiro foram feitos usando a técnica. Há quem diga, ainda, que essa é a maneira mais fácil de se começar a animar.

montagem-2D2

Os clássicos da Disney e os filmes dos Estúdios Ghibli são feitos em 2D, processo que começa nos desenhos na mesa de luz

Essa coisa da facilidade pode até ser verdade, mas se você já tentou fazer uma animação, deve ter percebido que o processo fica muito mais tranquilo se você tiver uma mesa de luz. Mas que troço é esse? Bom, pra quem ainda não está familiarizado com a arte, esse é um componente que ajuda muito no processo de criação das animações.

A mesa de luz nada mais é que uma mesa com tampo de vidro fosco e uma lâmpada por baixo. É um móvel bem simples. E para que serve? Para muitas coisas, mas principalmente para ajudar a manter a simetria e proporção dos desenhos feitos em várias folhas.

Com a ajuda da mesa de luz é muito mais fácil fazer os desenhos de uma animação

Com a ajuda da mesa de luz é muito mais fácil fazer os desenhos de uma animação

Por exemplo, você pode desenhar um esboço inicial e colocar sobre a mesa. Por causa da luz que passa por baixo da folha, os contornos ficam mais evidentes. Então, é possível desenhar em um novo papel, seguindo os traços do primeiro desenho, como um decalque. Assim, as proporções entre as imagens ficam mais próximas.

Outra coisa que fica mais fácil de fazer são as variações que podem ser feitas nos traços dos personagens. Olhar o desenho feito anteriormente impede quem está desenhando de fazer uma mudança muito grande entre as imagens. Daí as diferenças entre o primeiro e o segundo não ficam tão bruscas e o resultado final são movimentos mais suaves e naturais.

Então, já que você já sabe para que serve uma mesa de luz, a gente separou dois vídeos: um deles ensina como improvisar uma em casa e outro que mostra como montar o equipamento por conta própria. É uma boa pra quem tá começando a fazer animações e não tem grana ainda pra comprar uma de verdade.

Veja só como esse garoto resolveu o problema dele:

Esse outro cara resolveu construir a sua própria mesa de luz com um pouco mais de investimento:

Bom, se esses vídeos não ajudaram muito, esse site dá um passo-a-passo de como montar a sua própria mesa. A gente aqui do ANIMA MUNDI torce para que dê certo e o mundo ganhe mais animadores! 🙂

Ficou com alguma dúvida? Já fez algo parecido? Montou sua própria mesa? Conta pra gente! 🙂