BLOG

Anima Mundi

Um pequeno vídeo de animação está fazendo muito sucesso nas redes sociais. O curta é uma compilação de pequenas histórias postadas no Instagram do artista americano Marty Cooper e garantem riso aberto pra quem assistir. O mais legal é que o filminho que está agitando linhas do tempo no Facebook é produzido usando uma técnica muito interessante: o acetato.

Aperta o play no vídeo abaixo e confira a animação:

Muita gente acha que para fazer uma animação são necessários grandes aparatos tecnológicos, computadores com programas caros e mais de duzentas pessoas trabalhando… Em alguns casos isso até é verdade, mas nesse vídeo que você acabou de ver foram usadas apenas folhas de acetato desenhadas e uma câmera de celular. E só uma pessoa por trás do trabalho todo.

A técnica utilizada por Cooper não é nova – muito pelo contrário! O acetato começou a ser usado para animações logo depois de sua invenção, por volta de 1914. Antes disso, os animadores só usavam o velho papel e caneta para fazer seus filmes. Isso impedia os caras de explorarem mais os elementos de cena. Com a nova invenção, o animador passava a desenhar o cenário em uma folha de papel e o que se mexia era desenhado no acetato para, em seguida, ser fotografado.

Aqui no Brasil, uma animação usando a técnica ficou muito famosa . Cebolas São Azuis, do diretor Marcelo Marão, é um curta de doze minutos que demorou dois anos e meio para ser concluído. Foram cerca de quarenta quilos de acetato e vinte litros de tinta. É acetato pra caramba! Marão foi homenageado no ANIMA MUNDI 2012, quando participou do Papo Animado. Na ocasião ele distribuiu acetatos desenhados para o público, além de participar de uma homenagem, junto com animadores do Brasil inteiro, pelos 20 anos do festival.

Confira o resultado do trabalho de Marcelo, que foi apresentado como seu trabalho final na faculdade:

Não é uma técnica incrível? 🙂

 

Comentários

Voltar

Telefones:
(55 21) 2543-8860
(55 21) 2541-7499

fb-form insta-form tt-form yt-form