PT | EN

A notícia pegou os jornalistas de surpresa no Festival de Veneza, neste domingo (01). O presidente do Studio Ghibli, Koji Hoshino, anunciou que o animador Hayao Miyazaki irá se aposentar.  “Miyazaki decidiu que este será o seu último filme”, disse,  durante a coletiva de imprensa do filme “The Wind Rises“, dirigido pelo japonês.

O presidente do Studio Ghibli, Koji Hoshino, anunciou que o animador Hayao Miyazaki irá se aposentar.

Com 50 anos de carreira, animador japonês arrasta legião de fãs com seus filmes pelo mundo

Confira a retrospectiva da carreira de Hayao Miyazaki!

Aos 72 anos, Miyazaki não pode estar na estreia do filme no festival. Segundo Hoshino, o artista vai dar mais detalhes sobre a decisão nos próximos dias, em Tóquio. “Ele quer despedir-se de vocês”. Vale lembrar que o animador já anunciou o fim da carreira duas vezes, após finalizar “A Princesa Mononoke“, em 1997, e novamente depois de “O Castelo Andante“, em 2004.

Miyazaki criou e dirigiu onze longas-metragens aclamados pela crítica e premiados no mundo inteiro. Com “A Viagem de Chihiro” (2001), faturou o Oscar de Melhor Animação, e o Urso de Ouro, em Berlim.

“The Wind Rises” é o primeiro filme do animador em cinco anos, já que ele dicidiu dedicar-se à criação de roteiros e surpervisão de outras produções do Studio Ghibli, de onde é sócio.