BLOG

Anima Mundi

É uma pena que tanta coisa aconteça ao mesmo tempo nos festivais e algumas atrações não tenham todo o público que merecem! Mas isto faz parte da festa.

As duas primeiras apresentações do Ciclo de Palestras do Anima Mundi no Rio de Janeiro, no auditório do 4o andar do CCBB, tiveram uma platéia concentrada e atenta, mas reduzida, o que até facilitou a intimidade com os palestrantes e fez tudo ficar ainda mais interessante.

Na quarta 16, o diretor paranense Paulo Munhoz apresentou o making of de seu longa BELOWARS. Contou que este projeto era anterior ao seu longa de estréia BRICHOS, que estreou no Anima Mundi 2007. Acompanhamos a evolução do conceito do filme, a partir de uma obra literária conceituada, o livro “Guerra Dentro da Gente” (do prestigiadíssimo poeta Paulo Leminski), que gradualmente foi se transformando num trabalho eminentemente visual, ganhando uma interessante linguagem com poucos diálogos que dispensam tradução. Munhoz relatou a aventura heróica de realizar um longa de animação para cinemas com o orçamento de um edital de telefilmes documentários, sua luta com ameaças de incêndio e destruição de dados, a busca de novas tecnologias e alternativas de exibição (circuito digital, com o sistema Rain) e distribuição (salas alternativas, cooperativas, eventos de promoção). O que Paulo ressaltou é que, mesmo por conta do estresse da aventura (que apenas começou), os ganhos foram enormes para o seu estúdio, pois desenvolveram um estilo próprio e original de design, uma linguagem ousada e constituíram uma marca de personalidade e independência para os próximos projetos. A impressão que fica é de que tanta confiança com certeza terá retorno no futuro, torcemos para que este seja o mais próximo possível.

Na quinta 17 foi a vez de Marc Adler, do longa DELGO. Primeiro ele exibiu um completo making of do filme, e depois contou de forma brilhante toda a sua trajetória pessoal (ele estudou finanças, apesar de sempre sonhar com cinema de animação desde os tempos em que brincava de fazer filmes com seu primo com uma câmera Super-8). Ao mesmo tempo em que falava sobre o desenvolvimento de seu primeiro longa, Marc mostrou um material riquíssimo de desenhos conceituais para o filme, que é uma aventura pessoal e coletiva ao mesmo tempo. Fora do esquema de um grande estúdio, ele gradualmente foi coletando adesões de ilustradores e animadores do mundo todo, conquistando as vozes de atores conceituados como Malcom McDowell e Burt Reynolds, tudo a partir de muita determinação e uma estratégia de “guerrilha” que incluiu idéias criativas e ousadas de marketing. Por exemplo, ele disponibilizou na internet, ao mesmo tempo que o filme evoluía, todos os copiões em produção (algo que os grandes estúdios escondem a sete chaves para manter o segredo e se defender da pirataria). Mas para DELGO, os “digital dailies” foram uma grande alavanca de promoção alcançando meio milhão de acessos diários em seu website!
Ás 21 horas aconteceu na Praça Animada uma sessão que Marc classificou como sua grande premiere do filme (pois seria a primeira vez que ele mesmo assistia a esta cópia, com uma nova edição do filme, estava sendo exibida no mundo). Uma cópia estalando de nova, imagem e som perfeitos! Quem tinha estado na palestra com certeza aproveitou o filme muito mais!

Comentários

Voltar

Telefones:
(55 21) 2543-8860
(55 21) 2541-7499

fb-form insta-form tt-form yt-form