PT | EN

Antoine Manier é o que na França costuma-se chamar de “animador cultural”

Será que Tenho Poder, de Carlos De Carvalho:
o explorar a natureza, um menino descobre os insetos e tenta medir forças com eles.

Antoine Manier é o que na França costuma-se chamar de “animador cultural”. Em 1998, ele criou a RAV (Rencontres Audiovisuelles), que utiliza a animação para movimentar e reunir ações culturais na cidade francesa de Lille.

Antonie Manier fundou a RAV em 1998, para disseminar produções em animação em cidades pequenas na França

Antonie Manier fundou a RAV em 1998, para disseminar produções em animação em cidades pequenas na França

Segunda (05), no ANIMA MUNDI 2013, Manier vai apresentar sua associação e exemplos das produções que admira e promove, como trabalhos autorais, feitos por estúdios independentes e escolas profissionais da região.

Senhor Galo, de Franck Dion: Mr. Cok é dono de uma grande fábrica de bombas. Buscando mais eficiência e lucro, ele decide substituir os seus funcionários por robôs sofisticados. Mas um desses funcionários não aceita ser descartado tão facilmente...

Senhor Galo, de Franck Dion: Mr. Cok é dono de uma grande fábrica de bombas. Buscando mais eficiência e lucro, ele decide substituir os seus funcionários por robôs sofisticados. Mas um desses funcionários não aceita ser descartado tão facilmente…

Além das exibições em festivais, como o La Fête de l’anim’, ou instituições de ensino, a RAV desenvolve projetos educacionais com animação como o Ciné Soupe (Cinema e Sopa), programa itinerante que leva curtas-metragens para cidades do norte francês e sul da Bélgica.

Vídeo francês ilustra a maratona de animação organizada pela RAV!

Um ótimo exemplo para o Brasil levar a animação aos seus quatro cantos! Vamos nos inspirar, então?!

Antoine Manier

5 de agosto

Fundição Progresso, sala 2, às 18h