BLOG

Anima Mundi

A clássica história do amor impossível aterrissou no ANIMA MUNDI na versão animeA Princesa e O Piloto (To Aru Hikûshi e no Tsuioku) conta a história de uma paixão nas alturas. Mas o filme de Jun Shishido vai além, e fala também de preconceito e dignidade, inseridos no contexto de uma guerra entre dois reinos. Em um voo de 12 mil quilômetros, o piloto do avião leva a princesa por águas inimigas. Durante a tarefa quase suicida, Charles Karino, mestiço e de classe baixa, se apaixona por Fana, herdeira de um império.

Para quem não sabe, anime é a versão animada do mangá, revistas em quadrinhos japonesas nas quais os personagens normalmente têm olhos grandes e tudo é muito colorido. Jun já trabalhou como animador em outros animes como o aclamado Sakura Card Captors, além de já ter dirigido séries similares, como Rizelmine. Mas este é o primeiro longa-metragem dirigido por Shishido, que é produzido pelo estúdio MadHouse, especializado neste gênero de animação.
Poster japonês do filme A Princesa e O Piloto

Poster japonês do filme A Princesa e O Piloto

Mas na verdade a história é uma adaptação da fantasy night novel japonesa homônima, de Koruku Inamura. Este gênero de romance é muito popular no Japão, e consiste em uma história direcionada ao público adolescente, com temas dramáticos, mundos fantásticos e ilustrações no estilo mangá.

Uma das séries de animes na qual Jun Sushido trabalhou: Sakura Card Captors, sucesso no Brasil e no mundo

Uma das séries de animes na qual Jun Shishido trabalhou: Sakura Card Captors, sucesso no Brasil e no mundo

Assim, A Princesa e o Piloto tem narrativa e estrutura clássicas, mas também há traços do steampunk – um subgênero da ficção científica que mostra um universo semelhante a épocas passadas, mas no qual a tecnologia moderna é dominante. No caso do filme de Jun, o espaço-temporal indicado pelo contexto é o Japão medieval, mas a tecnologia moderna é presente na forma de aviões e naves espaciais.

Com todo diretor de anime, Jun Shishido considera como sua grande inspiracão Hayao Miyazaki, autor de filmes como A Viagem de Chihiro, A Princesa Mononoke e Nausicaa do Vale do Vento. Miyazaki já teve todos seus lançamentos exibidos no ANIMA MUNDI, e agora é a vez da nova geração, que o festival recebe de asas abertas.

Comentem!

Comentários

Voltar

Telefones:
(55 21) 2543-8860
(55 21) 2541-7499

fb-form insta-form tt-form yt-form