ANIMEMÓRIA
2015

Vinheta

Catálogo

Ilustração do Ano

“O que me vem a mente quando penso no Rio é o sol e a praia, e o Anima Mundi. Uma combinação perfeita. O sol é o projetor, a areia é a tela e, entre os dois, há um animador passeando pela praia. A sombra projetada por ele é mais dinâmica e interessante do que si próprio. Tudo no mundo parece estar ali apenas para criar combinações loucas de luz e sombras. E, como nos filmes, as sombras são mais interessantes que a luz.” Essa foi a inspiração de Cordel Barker para a criação da ilustração do ano. O animador é uma forte referência para os diretores do Anima Mundi desde 1988, graças ao curta “The Cat Came Back”. E, em 2010, ele desembarcou no Festival Anima Mundi para um Papo Animado e falou, dentre muitas outras coisas, sobre a pluralidade do cinema e a hegemonia do 3D.

Galeria de Fotos

Destaques

Em 2015, o Anima Mundi comemorou 23 anos e se manteve como o maior festival de animação das Américas e o segundo no ranking mundial. Entre os selecionados, o Brasil foi o país com maior número de filmes participantes pelo 14º ano consecutivo, com 145 produções exibidas. Bolívia, Marrocos e Jordânia foram representados pela primeira vez.

O maior destaque dessa edição foi a estreia, em uma sessão no Rio de Janeiro e outra em São Paulo, do longa “O Pequeno Príncipe”. O diretor, Mark Osborne, comentou e apresentou as duas sessões.

No Rio de Janeiro, a Cidade das Artes, na Barra da Tijuca, recebeu pela primeira vez o Festival. Cine Odeon, Oi Futuro Ipanema, Maison de France, Ponto CIne e auditório do BNDES também receberam sessões. Em São Paulo, o Anima Mundi ocupou a Cinemateca Brasileira e a Caixa Belas Artes.

No total, 30 mil pessoas no Rio e 15 mil em São Paulo assistiram aos mais de 500 filmes exibidos. Pelas oficinas passaram cerca de 9 mil pessoas.

O festival permanece, pelo quarto ano, certificado pela Academia de Artes e Ciências Cinematográficas americana. O filme alemão “Dissonance”, de Till Nowak, vencedor do Grande Prêmio do festival, foi indicado a concorrer ao Oscar em 2016. O concurso online Anima Multi teve recorde de inscrições, com 80% a mais que em 2014.

Convidados

Jorge Gutierrez

Nascido na Cidade do México e criado em Tijuana, Jorge Gutierrez expressa seu caso de amor pela cultura pop e folclórica mexicana nos seu filmes, desenhos animados, ilustrações e pinturas. Gutierrez estudou animação experimental no Instituto de Arte da Califórnia (CalArts), onde criou o seu premiado curta em 3D, “Carmelo”, uma fábula sobre o Dia dos Mortos.

Em 2000, Gutierrez trabalhou com a lenda da animação, Maurice Noble, na direção de arte da série “Timber Wolf”, de Chuck Jones, para a Warner Bros. Em seguida, começou a desenvolver “El Macho”, uma web-série para a Sony Pictures. Entre outros trabalhos, contribuiu como designer de personagens em séries de enorme sucesso, como “Mundo Giz” e “¡Mucha Lucha!”, e como escritor em séries como “Maya & Miguel” e “As Aventuras de Brandy e Sr. Bigodes”.

Em 2007, juntou-se à sua esposa e musa, Sandra Equihua, para criar a premiada série “El Tigre: As Aventuras de Manny Rivera”, sobre um jovem mexicano que precisa decidir se é um super-herói ou um super-vilão. Em 2014, o diretor conseguiu levar um antigo projeto seu para as telonas, seu primeiro longa-metragem, “Festa no Céu”, produzido por Guillermo del Toro e nomeado para o Globo de Ouro. O filme narra as aventuras do jovem Manolo por três mundos diferentes e fantásticos.

Bastien Dubois

Bastien Dubois nasceu em Lille, na França, mas não gosta de ficar parado. Um viajante apaixonado, Dubois usa a animação para transformar aqueles que assistem seus filmes em companheiros de andanças. Suas aventuras começaram na universidade de Supinfocom, em Valenciennes, onde Dubois se formou em computação gráfica e codirigiu o curta “AH”, sobre uma menininha que mergulha na sua sopa de letrinhas.

Durante uma viagem de carona do norte da França até Istambul, ele teve a ideia de criar um diário de viagem animado. Seu primeiro filme independente, “Madagascar, um Diário de Viagem”, é baseado em uma viagem de um ano para a grande ilha vermelha. O filme venceu o Prêmio do Júri Profissional de Melhor Direção de Arte no Anima Mundi 2010 e foi nomeado para o Oscar de 2011.

Mas os diários de viagem de Dubois ainda não estavam concluídos e ele continuou a relatar suas aventuras em uma série de vinte animações para a televisão, chamada “Faces From Places”, que atravessa diversos países e suas culturas, inclusive o Brasil, onde o diretor retratou o Candomblé. Em 2012, Dubois fez mais uma viagem, desta vez no espaço e no tempo, retratando a Papua-Nova Guiné da Segunda Guerra Mundial, no curta “Cargo Cult”.

Steve Hickner

Steve Hickner dedicou sua vida profissional inteiramente à arte da animação. Desde que começou a fazer filmes animados na adolescência com uma câmera emprestada, passaram-se mais de trinta e cinco anos de experiência como diretor e produtor em grandes estúdios, como DreamWorks, Disney, Amblimation, Aardman, Hanna-Barbera e Filmation.

Além de ter deixado sua marca pessoal em sucessos como o inesquecível “Uma Cilada para Roger Rabbit” (1988), “A Pequena Sereia” (1989), “Madagascar” (2005) e “Shrek para Sempre” (2007), Hickner dirigiu os longas-metragens “O Príncipe do Egito” (1998) e “Bee Movie: A História de uma Abelha” (2007). O animador também trabalhou em clássicos para a TV como “He-Man and the Masters of the Universe” e “Fat Albert and the Cosby Kids”.

Birdo

A história do estúdio Birdo, fundado por Luciana Eguti e Paulo Muppet, começou em 2005 com dois computadores e uma máquina de fax. Desde então, os produtores e diretores vêm criando, ao lado de uma equipe talentosa, um número impressionante de produções por ano. Os filmes, videoclipes e comerciais para clientes como FIAT, Google e Unilever, além dos games e projeções para espetáculos teatrais, têm em comum uma estética colorida, personagens cativantes e divertidos, além de roteiros enxutos, com atenção redobrada ao ritmo.

Com vasta experiência na criação de personagens para filmes destinados aos mais variados suportes, o estúdio criou os Mascotes dos Jogos Olímpicos e Paralímpicos Rio 2016 e foi responsável pelo conteúdo animado dos personagens. A dupla também produziu o curta-metragem “Caveirão”, selecionado para o festival South by Southwest de 2014, e concebeu “Monster Pack”, projeto vencedor do Programa de Curtas da Nickelodeon Internacional.

Prêmios Júri Profissional

Melhor Técnica de Animação:
We cant live without Cosmos
Konstantin Bronzit
Rússia

Melhor Roteiro:
MESE (Conto)
Attila Bertóti
Hungria

Grande Prêmio de Curta-Metragem
Dissonance
Till Nowak
Alemanha

Melhor Concepção Sonora:
The Orchestra
Mikey Hill
Austrália

Melhor Direção de Arte:
Castillo y el Armado
Pedro Harres
Brasil

Prêmio BNDES
Até a China
Marcelo Marão
Brasil

Melhor Filme da Galeria
The five minute museum
Paul Bush
Suiça e Reino Unido

Prêmio Canal Brasil
Guida
Dir: Rosana Urbes
Brasil

Prêmio Canal Brasil de Curtas
Castillo y el Armado
Pedro Harres
Brasil

Prêmios Júri Popular

Melhor Curta-Metragem RJ / Best Short Film RJ

RJ
Animator vs. Animation IV
Alan Becker
EUA

SP
A SINGLE LIFE,
Job, Joris & Marieke,
Holanda

Melhor Curta Brasileiro RJ e SP:
Até a China
Marcelo Marão
Brasil

Melhor Curta Infantil RJ e SP:
RJ
O Presente
Jacob Frey
Alemanha

SP
CUERDAS (Fios)
Pedro Solís García
Espanha.

Melhor Curta de Estudante RJ e SP:
RJ
El Ladrón de caras
Jaime Maestro
Espanha

SP
PARROT AWAY
Mads Weidner
Dinamarca

Melhor Longa RJ e SP:
RJ
Shaun, o carneiro
Mark Burton e Richard Sarzack

SP
SONG OF THE SEA
Tomm Moore
Bélgica; Luxemburgo; Irlanda; França; Dinamarca

Melhor Longa Infantil SP:
AninA de Alfredo Soderguit
Uruguai / Colômbia

Prêmio Núcleo de Cinema de Animação em Campinas

Tatudubem
Alessandra de Pinho
Brasil

Anima Multi

Júri Popular
Retornável
Bruno Ferraz
Brasil

Júri Profissional
Opiuo – Quack Fat
De Jonathan Chong
Austrália

Maratona Firjan
Categoria técnica
Epopéia, Equipe Palmeira do Mangue

Categoria popular
Nautilus, Equipe Eta Lambreta

Catálogos

Livreto de programação

Telefones: (55 21) 2543-8860
(55 21) 2541-7499
fb-form insta-form tt-form yt-form
Telefones: (55 21) 2543-8860
(55 21) 2541-7499
fb-form insta-form tt-form yt-form