ANIMEMÓRIA
2010

Vinheta

Catálogo

Ilustração do Ano

Sobre a ilustração feita para o Anima Mundi 2010, Alê explica: “Para criar a imagem dos 18 anos de Anima Mundi, tentei representar o desejo intenso de liberdade e sonhos, próprios da juventude. Anima Mundi é este planetinha colorido onde há uma grande vibração, ponto de encontro de seres viajantes em um rico e vasto universo de estilos, técnicas e linguagens. 2010 celebra os 18 anos de Anima Mundi, marcando também o início de um novo ciclo da minha jornada.”

Galeria de Fotos

Destaques

Filime Direto – Palestra de Maureen Furniss

Maureen Furniss, PhD, é editora do Animation Journal e autora dos livros Art in Motion: Animation Aesthetics e The Animation Bible. Integra o corpo docente de animação do California Institute of the Arts (CalArts), onde leciona história da animação. Em sua palestra, Maureen falou de sua pesquisa mais recente, para um livro ainda inédito sobre filmes de animação feitos diretamente na película.

Masterclasses

Complementando as atividades do Anima Forum, o festival trouxe para profissionais e estudantes brasileiros 3 apresentações interativas, em que artistas internacionais consagrados em suas áreas dividiram com o público sua experiência.

Com o tema Animação na Fronteira, Guilherme Marcondes (Brasil) falou de filmes que mesclam diferentes técnicas de animação. Jordi Grangel (Espanha) apresentou Criação de Personagens para “A Noiva Cadáver” de Tim Burton, com material exclusivo da preparação do longa-metragem em stop-motion feita em seu estúdio em Barcelona. Andy Malcolm (Canadá), com Sonoplastia para Animação, mostrou de modo divertido e com a participação da platéia a sua especialidade: criar e gravar diversos efeitos sonoros, fundamentais para todo tipo de filme, especialmente os de animação.

Pixilation + Grafite

A equipe do Estúdio Aberto do Anima Mundi convidou Meton Joffily e o estúdio Mamemu para fazer demonstrações com animação de grafite e sticker animation. Em seguida, o público pôde interagir em cenas de pixilation diante do cenário grafitado.

Galeria Animada

A Galeria Animada foi montada no Rio (Centro Cultural dos Correios) e em São Paulo (Memorial da América Latina) como uma instalação audiovisual que possibilitou ao público desfrutar de obras de animação como numa exposição de artes. Foi exibida continuamente uma seleção muito especial de filmes que desafiam e/ou inovam os formatos tradicionais, com experimentações no campo da estética, do roteiro e da percepção da linguagem de animação.

Pré-estréia 3D – Meu Malvado Favorito

A distribuidora PARAMOUNT ofereceu ao público do Anima Mundi a oportunidade de assistir em primeira mão a um filme que, além da diversão e da qualidade de sua produção, traz diversos elementos abordados no festival. Produzido em 3D estereoscópico, é a primeira produção de um grande estúdio americano inteiramente animada na França (na produtora Mac Guff), com um dos diretores formados na escola Gobelins.

Anima Forum

O ANIMA FORUM 2010 aconteceu no Rio de Janeiro e apresentou várias atrações para a crescente indústria de animação brasileira, com a presença dos mais atuantes profissionais e as mais influentes autoridades do mercado brasileiro. Além dos debates e palestras do Forum, o Festival integrou as três Masterclasses relacionadas acima com profissionais internacionalmente reconhecidos, com temas específicos e pertinentes ao atual momento da produção de animação. O relatório das atividades do Anima Forum está disponível para download.

Mostras especiais
Anima Mundi 18 Anos
No ano da maioridade do festival, consultamos nossa comunidade virtual para montar uma sessão comemorativa. Pedimos aos fãs que enviassem suas sugestões dos filmes que gostariam de rever. O resultado foi uma seleção realmente especial dos clássicos que permanecem na memória do público que cresceu com o Anima Mundi.

Mostra África do Sul
Esta coleção de filmes animados da África do Sul é a primeira do gênero e ressalta a diversidade dessa indústria crescente. Uma compilação de videoclipes espirituosos, curtas-metragens premiados e comerciais arrojados, trazendo o que há de melhor na animação da África do Sul e revelando a variedade de estilos e estéticas dessa indústria nascente, que reflete as cores, o caos e as contradições da vida africana.

Escolas de Animação
Três representantes de diferentes experiências internacionais no ensino de animação estiveram presentes no painel realizado no Anima Fórum durante o Anima Mundi no Rio de Janeiro:

Eric Riewer – Gobelins (França)

Marlene Nascimento – Curso de Imagem e Som da Universidade de Buenos Aires (Argentina)

Maureen Furniss – CalArts (EUA)

Aproveitando estas presenças e para complementar o debate, o festival exibiu mostras selecionadas dos trabalhos finais desenvolvidos por ex-alunos destes centros de formação.

Anima Mundi Web & Cel
Devido à permanente evolução das plataformas de exibição, inauguramos o ANIMA MUNDI WEB & CEL, Concurso Internacional de Animação para Internet e Celulares do Anima Mundi. Aberto a trabalhos inéditos ou não, produzidos por animadores profissionais e amadores, o evento fundiu os dois tradicionais concursos online do festival – correspondendo à 11ª edição do ANIMA MUNDI WEB e à 6ª edição do ANIMA MUNDI CELULAR.

Convidados

Stephen Hillenburg

Stephen Hillenburg, nascido em 1961, é criador e produtor executivo de “Bob Esponja Calça Quadrada”, da Nickelodeon – uma das séries de animação mais populares de todos os tempos, nomeada para o Emmy seis vezes desde 2002. Antes de virar animador, Stephen trabalhou como professor de ciências para crianças. Essa experiência mostrou a ele como as crianças são apaixonadas pela vida no fundo do mar e foi essencial para a criação de Bob Esponja e de todos os seus amigos marinhos.
Stephen graduou-se em ciências naturais, com especialização em biologia marinha, na Humboldt State University. Mais tarde, ingressou no California Institute of the Arts (CalArts), onde fez o mestrado em animação experimental, concluído em 1992. Na CalArts, Stephen fez vários filmes animados, entre os quais, “The Green Beret and Wormholes”, exibidos em festivais do mundo todo. Também foi diretor de criação da última temporada de “A Vida Moderna de Rocko”, da Nickelodeon.

Cordell Barker

Um homem faz de tudo para se livrar de um insistente gatinho. Um casal tenta lidar com o caos trazido por um visitante inesperado. Passageiros divertem-se dentro de um trem em disparada, alheios ao perigo adiante. A marca dos filmes de Cordell Barker é o humor levemente ácido, fruto de uma série de situações orquestradas com precisão. Nascido em 1956, em Winnipeg, Canadá, Cordell começou a trabalhar com animação ainda adolescente. Além do seu reconhecido trabalho comercial para o estúdio Pascal Blais, entre outros, ele dirigiu três curtas premiadíssimos. Em 1982, começou a fazer seu primeiro filme, “The Cat Came Back” (1988), no National Film Board. Depois veio “Strange Invaders” (2001) uma história “semi-autobiográfica”, segundo o animador, inspirada no nascimento do primeiro dos seus três filhos. Nesta edição do festival, Cordell apresentou seu filme mais recente, “Runaway” (2009), premiado em 2009 nos festivais de Cannes (Le Petit Rail D’Or / Melhor Curta) e de Annecy (Prêmio Especial do Júri).

Daniel Greaves

O animador inglês Daniel Greaves, nascido em 1959, com frequência mistura várias técnicas diferentes em seus filmes. Os mais célebres exemplos disso são “Manipulation” (1992), que rendeu ao animador o Oscar e o Cartoon D’Or em Cannes, e “Flatworld” (1997), uma divertida e surpreendente narrativa em puro stop-motion, com personagens 2D em cartolina que se esgueiram por um cenário de volumes reais.
Daniel formou-se em animação no West Surrey College of Art, em 1980. Em 1986, fundou o estúdio Tandem com o sócio Nigel Pay. No Papo Animado de Daniel Greaves, seguimos sua trajetória, que continua em pleno sucesso.

Guilherme Marcondes

Talento brasileiro da animação que se afirma no exterior, Guilherme Marcondes é diretor independente em Nova Iorque, representado pelos estúdios Hornet Inc. (EUA) e Passion Pictures (Europa), depois de uma temporada em Los Angeles na renomada produtora Motion Theory. Mesmo antes de se formar em Arquitetura pela Universidade de São Paulo, Guilherme já trabalhava como ilustrador profissional. Em 2000, se juntou como animador ao time da Lobo Filmes, onde por cinco anos dirigiu filmes para diversos clientes internacionais como Diesel, Panasonic e Cartoon Network. Em 2005, foi a Londres dirigir a campanha de lançamento do Europe Music Awards na MTV Networks. De volta ao Brasil, produziu o curta-metragem “Tyger” (2006), vencedor de mais de 20 prêmios internacionais, incluindo dois no festival de Clermont-Ferrand na França e o Prêmio dos Diretores do Anima Mundi.

Prêmios Júri Profissional

Melhor Animação
VIDEOGIOCO A LOOP EXPERIMENT
Donato Sansone
Itália

Melhor Roteiro
DER KLEINE UND DAS BIEST
Johannes Weiland e Uwe Heidschötter
Alemanha

Melhor Trilha Sonora
THE LOST THING
Andrew Ruhemann e Shaun Tan
Austrália, Reino Unido

Melhor Direção de Arte
MADAGASCAR, CARNET DE VOYAGE
Bastien Dubois
França

Melhor Filme de Encomenda
XIXI NO BANHO
Fernando Sanches
Brasil

Prêmios Júri Popular

Melhor Longa RJ e SP:
RJ
1º – MARY E MAX – UMA AMIZADE DIFERENTE – Adam Elliot – Austrália
2º – THE APPLE & THE WORM – Anders Morgenthaler – Dinamarca
3º – BOOGIE EL ACEITOSO – Gustavo Cova – Argentina

SP
1º – MARY E MAX – UMA AMIZADE DIFERENTE – Adam Elliot – Austrália
2º – BOOGIE EL ACEITOSO – Gustavo Cova – Argentina
3º – THE APPLE & THE WORM – Anders Morgenthaler – Dinamarca

Melhor Curta Brasileiro RJ e SP:
RJ
1º – EU QUERIA SER UM MONSTRO – Marão – Brasil
2º – IMAGINE UMA MENINA COM CABELOS DE BRASIL… – Alexandre Bersot – Brasil
3º – POMBINHA BRANCA – Fernando Augusto Dias da Silva – Brasil

SP
1º – IMAGINE UMA MENINA COM CABELOS DE BRASIL… – Alexandre Bersot – Brasil
2º – POMBINHA BRANCA – Fernando Augusto Dias da Silva – Brasil
3º – EU QUERIA SER UM MONSTRO – Marão – Brasil

Melhor Filme de Estudante:
RJ
1º – MOBILE – Verena Fels – Alemanha
2º – DER PRAEZISE PETER – Martin Schmidt – Alemanha
3º – POMBINHA BRANCA – Fernando Augusto Dias da Silva – Brasil

SP
1º – DER PRAEZISE PETER – Martin Schmidt – Alemanha
2º – MOBILE – Verena Fels – Alemanha
3º – FORMIC – Roman Kaelin; Florian Wittmann – Alemanha

Melhor Curta-Metragem RJ/SP
RJ
1º – LA DAMA Y LA MUERTE – Javier Recio Gracika – Espanha
2º – DER KLEINE UND DAS BIEST – Johannes Weiland; Uwe Heidschötter – Alemanha
3º – LOGORAMA – François Alaux; Hervé de Crécy; Ludovic Houplain – França

SP
1º – DER KLEINE UND DAS BIEST – Johannes Weiland; Uwe Heidschötter – Alemanha
2º – LA DAMA Y LA MUERTE – Javier Recio Gracika – Espanha
3º – LOGORAMA – François Alaux; Hervé de Crécy; Ludovic Houplain – França

Melhor Longa Infantil RJ/SP:
RJ
1º – YES, VIRGINIA – Pete Circuitt; Bitstate – EUA
2º – EU QUERIA SER UM MONSTRO – Marão – Brasil
3º – THE GRUFFALO – Jakob Schuh; Max Lang – Reino Unido

SP
1º – O GRÚFALO (THE GRUFFALO) – Jakob Schuh; Max Lang – Reino Unido
2º – SIM, VIRGINIA (YES, VIRGINIA) – Pete Circuitt; Bitstate – Estados Unidos
3º – POMBINHA BRANCA – Fernando Augusto Dias da Silva – Brasil

Prêmio da Direção de Anima Mundi
MADAGASCAR
CARNET DE VOYAGE
Bastien Dubois
França

Prêmnio Núcleo de Cinema de Animação em Campinas

POMBINHA BRANCA
Fernando Augusto Dias da Silva
Brasil

Demais Prêmios

IMAGINE UMA MENINA COM CABELOS DE BRASIL…
Alexandre Bersot
Brasil

Prêmio 18 anos
ESSE BEIJO TEM MANHA (There’s Bliss in the Kiss)
Melanie Beisswenger
Alemanha; Singapura

Prêmio do Júri Popular
DINGBATS
Henrique Kopke
Brasil

Prêmio do Júri Profissional
EUROPA COLORIDA (COLORFUL EU)
Peter Vadocz
Hungria

Catálogos

Telefones: (55 21) 2543-8860
(55 21) 2541-7499
fb-form insta-form tt-form yt-form
Telefones: (55 21) 2543-8860
(55 21) 2541-7499
fb-form insta-form tt-form yt-form