ANIMEMÓRIA
1997

Vinheta

Catálogo

Galeria de Fotos

Destaques

Depois de cinco anos de sucesso no Rio de Janeiro, o Anima Mundi estreou para um público de sete mil visitantes em São Paulo, como parte da mostra “Arte e Tecnologia” do Instituto Cultural Itaú. No Rio, cerca de vinte e dois mil pessoas marcaram presença.

Na capital paulista, o festival contou com um banquete animado que reuniu o fino da produção nacional e internacional do cinema de animação, com destaque para as mostras da Aardman Animations e de Caroline Leaf. O Papo Animado estreou em sua versão paulista com a participação do veterano Luiz Briquet.

Jeff Lynch, responsável por dirigir e produzir storyboards para vários episódios de “Os Simpsons” e pelo storyboard do longa-metragem de animação “The Iron Giant”, apresentou o workshop “Design para Storyboard”.

O brasileiro Carlos Saldanha, na época um dos diretores dos Estúdios Blue Sky de Nova York, apresentou a palestra “Luz, Câmera & Ação” sobre animação em computação gráfica.

Os Estúdios Abertos reuniram participantes de todas as idades e o público paulista pôde criar, experimentar e animar através de diversas técnicas de animação com massinha, desenhos e computadores.

Convidados

Caroline Leaf (Estados Unidos)

Uma das animadoras mais originais do mundo apresentou uma retrospectiva de seus trabalhos, a maioria dos quais produzidos no National Film Board of Canada. Seus filmes utilizam técnicas de animação em areia, pintura no vidro e diretamente na película.

David Sproxton (Inglaterra)

Um dos co-fundadores da Aardman Animations apresentou uma mostra especial de filmes e contou mais sobre o trabalho desenvolvido por essa premiadíssima produtora que, além de dois Oscars consecutivos, tem na estante também o troféu de Melhor Filme escolhido por Voto Popular no Anima Mundi 96.

Luiz Briquet (Brasil)

Um dos homenageados dessa edição, apresentou seu incrível trabalho de animação para a publicidade brasileira, mercado onde o talento brasileiro exercita as mais sofisticadas técnicas de animação.

Prêmios Júri Popular

Melhor Filme
1º – “Dada”, de Piet Kroon, Holanda
2º – “Canhead”, de Timothy Hittle, EUA
3º – “Vincent Van Gogh”, de Timothy Hittle, EUA

Melhor Animação Infantil:
“The Rescue Team – Lime”
Jánis Cimermanji
Letônia

Melhor Computação Gráfica:
“Sticky Business”
Ed Taylor
Reino Unido

Telefones: (55 21) 2543-8860
(55 21) 2541-7499
fb-form insta-form tt-form yt-form
Telefones: (55 21) 2543-8860
(55 21) 2541-7499
fb-form insta-form tt-form yt-form